domingo, 14 de setembro de 2008

Narvik Moped 1965

3 comentários:

Walter disse...

Parabéns, pelos restauros, desde o início do ano que acompanho o seu blog. meti-me este ano a restaurar uma Mayal de 67 que comprei por brincadeira. Estou neste momento a espera dos cromados para terminar a montagem. Gostaria de continuar a recuperar estes pedaços da história do motociclismo nacional.
já agora aproveito para deixar-lhe algumas perguntas:

- o trabalho que realiza nas peças pintadas é: jacto de areia e metalização?
- as peças não ficam muito rugosas?
esta primeira recuperação foi encomendada, a próxima gostaria de ser eu a realiza-la.

obrigado

Walter Couto

João Paulo disse...

ola viva
obigado pelo elogio... em relação as perguntas normalmente é tudo lixado, quando tem muita ferrugem é que mando metalizar depois lixo novamente para ficar o mais liso possivel...

boas curvas

Orgulho em Portugal disse...

Esta mota está simplesmente fantástica! Parabéns pelo restauro! Não conhecia este blog, até que numa busca por uma Narvik, cheguei até ele! Parabéns pelo blog e pela paixão das motas antigas nacionais!

Saudações motociclisticas!